POR:

WAGNER MANSOLELLI

sábado, 22 de agosto de 2009














Me olhas nos olhos,
Te olho nos olhos,
Olhares se fundem, Nasce a magia
Energia que se espalha e causa arrepios,
As vontades e desejos agora saltitam em nossos corpos,
E os olhos se enlaçam, se enlaçam também nossos seres,
Pouco a pouco as mãos se encontram, os corpos se achegam,
As palavras fluem e encantam,
O calor se espalha em nós,
Te quero, me queres, nos queremos;
A alquimia do amor se instala, se espalha;
O perfume que vem de ti inebria-me, verso-o e verto-o gota a gota,
E somos um do outro,
Sem divisões, sem terceiros em nosso pensar,
E surge a bela cumplicidade de um amor puro!!!



5 comentários:

soninha disse...

Amor..admiro muito seus poemas,sei que vou vê-los editados.Um talento como o seu tem que ganhar asas!! Você tem o dom de ver o mundo com os olhos da Alma!Beijoss!!

Ianê Mello disse...

Seu poema tocou a minha alma com a suavidade de uma borboleta ao pousar na flor. Meu coração criou asas.
Parabéns!!!Grande beijo.

Ana Lúcia disse...

Coisa mais linda esse poema meu amigo...o amor é sempre um tema comovente, mas nas tuas palavras ele ficou ainda mais emocionante.
Bjo e Parabéns!

Milene Sarquissiano disse...

QUE BELO PASSEIO DEI AQUI.VONTADE DE COMENTAR TODAS AS POESIAS.
PARABÉNS PELA MANEIRA ÍMPAR DO TEU POETAR.
BJUSSS

Instantes Escritos disse...

Wagner, não me pergunte como dei consigo, é que nem eu sei!!
Li seus poemas e gostei, têm alma!!!
Vou continuando lê-lo!!